Buscar
  • rivera60mais

Prática de atividade física na velhice



Um envelhecimento de sucesso está diretamente ligado com a prática de

exercícios físicos, sendo insubstituível para qualquer pessoa que deseja estar mais

saudável, pois ajuda na manutenção da capacidade funcional do corpo e diminui

outros declínios que podem aparecer com a velhice. Atualmente a prática de

educação física é altamente recomendada e também prescrita para a prevenção e o

tratamento de doenças crônicas, como por exemplo, a Diabetes e Hipertensão,

complicações que podem interferir muito na qualidade de vida.


A atividade física não só está ligada com a saúde do nosso corpo, mas também

com nossa saúde mental, pois está relacionada a produção de importantes

substâncias que provocam o bem-estar dentro do nosso cérebro, preservando

funções cognitivas e até aliviando sintomas de ansiedade e depressão.

Porém, para que uma atividade física seja bem-sucedida e mostre resultados na

sua saúde é muito importante o acompanhamento profissional, principalmente

quando há presença de uma condição e/ou restrição. O profissional irá ajudá-lo a

iniciar essa jornada de maneira mais adequada para o seu estilo de vida e

condições físicas, potencializando os resultados que você deseja obter. Já para

pessoas que não apresentam restrições médicas, o consenso clínico estipula

minimamente 150 minutos de atividade física por semana, mas sendo excludente o

acompanhamento com um profissional que tem aptidão para auxiliá-lo.


Além do acompanhamento profissional é muito importante também encontrarmos

uma atividade física no qual tenhamos familiaridade e nos dê prazer em realizar.

Seja na corrida, andar de bicicleta no parque ou entrar em um grupo de dança,

sozinho ou com amigos, escolha a opção que te deixará mais confortável e animado

para adotar esse novo estilo de vida!


Aliás, precisamos encarar esse momento como autocuidado, que nos provoque

bem-estar e nos deixe bem, pois assim cada vez mais te deixará mais motivado

para continuar! Portanto, respeite seu corpo e suas vontades e faça desse momento

uma parte empolgante tanto quanto outras do seu dia a dia e aproveite!


Fonte: Associação Brasileira de Atividade Física e Saúde

Disponível em: http://www.sbafs.org.br/

2 visualizações